Pular para o conteúdo

Maiores riscos do jogo

Fichas Casino All In

O jogo é uma atividade que tem grande influência nas emoções de cada um. Enquanto as grandes vitórias dão uma injeção de adrenalina a qualquer um, as perdas volumosas podem provocar espirais depressivas até ao mais forte dos jogadores. De seguida são apresentados uma série de riscos associados ao jogo dos quais convém não só ter conhecimento como também estar atento ao seu aparecimento.


Risco financeiro

O risco financeiro é provavelmente a ameaça principal que paira na mente dos jogadores. Seja em casas de apostas, casinos ou salas de póquer virtuais ou físicas, garantir a capacidade financeira é um dos elementos mais importantes antes de começar a aventura pelas diversas modalidades do jogo a dinheiro. Uma má gestão financeira pode levar a diversos problemas envolvendo terceiros, desde familiares a entidades bancárias. Para evitar este tipo de inconvenientes, os portais de jogo dispõem de ferramentas que permitem controlar o dinheiro investido pelo utilizador, permitindo definir limites de depósito diários, semanais ou mensais, por exemplo. Em casos mais sérios, o jogador pode mesmo autoexcluir-se dos sites.

Saúde física e mental

É extremamente fácil começar a levar o jogo mais além do que o aspeto lúdico e, pouco a pouco, desenvolver uma dependência que pode vir a ter grandes consequências. Nestes casos, os problemas derivados do jogo estendem-se quase sempre à saúde física e mental, com sucessivos episódios de depressões, irritabilidade e má alimentação a serem os principais sinais de alerta que surgem num jogador dependente. Para combater esta ameaça, os portais do nosso país promovem o jogo responsável e lúdico fornecendo contactos de plataformas como o jogoresponsavel.pt e o SICAD (Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências).

Isolamento social

O isolamento social é um comportamento errático que também pode ser causado pela dependência de jogo e que muitas vezes leva mesmo a casos de depressão. A falta de comunicação com os mais chegados ou a completa desconexão do seio familiar e do mundo em redor, muitas vezes durante horas ou dias, pode ser a ponta de um icebergue de problemas derivados do jogo. A facilidade de acesso ao jogo online, a sua constante publicidade nos media e outros estímulos tornam impossível o controlo dos impulsos e contribuem largamente para tornar um jogador lúdico num dependente.

Problemas familiares

Para muitas pessoas, a família é o primeiro ponto de abrigo. No caso do distúrbio de jogo em particular, alguns dos comportamentos anteriores podem ser descobertos e abordados numa fase inicial, com a família a ter um papel decisivo no tratamento e superação da dependência. No entanto, com os problemas de jogo surgem também os problemas nos seios familiares. Naqueles mais débeis, o afastamento das pessoas que mais podem ajudar levam o jogador abusivo a entrar em recaídas cada vez mais frequentes e difíceis de ultrapassar. Mais uma vez, o portal jogoresponsavel.pt e outras entidades podem dar a ajuda necessária neste tipo de situações.

Problemas laborais

A dependência do jogo não causa apenas problemas familiares, mas também a nível laboral. Pedidos de ordenados adiantados por dificuldades no controlo das despesas de jogo, quebra de produtividade, atrasos, ausências injustificadas e outras situações semelhantes levam inevitavelmente ao fim do contrato de trabalho por parte da empresa. Neste ponto, o jogador dependente torna-se ainda mais propício a todos os riscos descritos anteriormente.