Fabamaq: A empresa portuguesa de jogos de casino

by

Os casinos são populares em todo o mundo e Portugal não é exceção. Uma prova disso é o facto de termos o maior casino da Europa, que ano após ano distribui milhares de euros em prémios, para além do número de clientes registados em páginas de jogo online estar em constante crescimento. Porém, os nossos casinos – quer sejam físicos ou digitais – estão recheados de jogos com software criado por empresas de topo estrangeiras o que infelizmente tira espaço a talentosos criadores portugueses. Como consequência, são escassos os casos de empresas nacionais do sector que conseguem ter sucesso tanto interna como externamente num mercado com posições bem definidas à partida. É precisamente aqui que entra a empresa que hoje damos a conhecer e que é uma verdadeira exceção a esta regra: a Fabamaq (FMQ).


Sucesso fora de Portugal

A FMQ nasceu como muitos outros projetos: cheio de ambições e bem consciente da dificuldade que qualquer negócio tem para vincar hoje em dia. Mas felizmente, esta start-up portuense que nasceu em 2010 com apenas 9 colaboradores evitou o destino de muitas outras e desenvolveu-se para aquele que é já um caso de sucesso, principalmente no estrangeiro, sendo mesmo um dos fornecedores de eleição de casinos de Espanha, do México, das Filipinas, da Ásia, entre outros territórios. Na verdade, este último é mesmo um dos principais destinos das máquinas criadas na cidade invicta, tendo a empresa ultrapassado a barreira das 5.000 máquinas em 2016. Por outro lado, infelizmente ainda não há uma única máquina deste criador em qualquer casino nacional.

Para além do trabalho de qualidade que envolve tudo o que se inclui na atividade de uma slot machine física (desde os gráficos, funcionalidades e sons que todos testemunhamos, até a tudo o que acontece por detrás e é alheio ao mais comum dos jogadores – engenharia, programação, a própria manutenção, etc.), parte do sucesso da FMQ pode ser explicado pela sua própria identidade. Assim, um dos seus pilares essenciais da empresa é a proximidade e valorização de cada um dos seus colaboradores, o que é fortalecido através de programas de desenvolvimento interno.

Apesar do sucesso internacional a FMQ não esquece a sua cidade, sendo que outro dos objetivos é contribuir para ajudar a economia portuense e pôr a cidade a par de outras que já apostam na tecnologia. E para alcançar esta meta a FMQ procura aumentar progressivamente as suas equipas em várias áreas.

Passados sete anos o crescimento da Fabamaq é notável sendo hoje 100 os colaboradores com que conta. A empresa está igualmente em processo de mudança de instalações para um edifício criado de raiz para si pelo que se adivinha que o futuro continuará a ser risonho. Será que em breve estaremos a jogar em alguma máquina criada pela FMQ num casino em Portugal?